4 passos para desenvolver uma cultura de inovação na empresa

Antes de iniciar o texto, lhe convido a participar de uma rápida dinâmica. Qual é o primeiro pensamento que surge na sua mente ao deparar-se com a palavra inovação? Acredito que de forma instintiva as startups tenham aparecido para você. Afinal, o substantivo é a marca registrada destas empresas que nasceram com o intuito de transformar o mercado por meio de uma conduta ágil e assertiva. Mas, a verdade é que inovar é um ato crucial para toda a seara corporativa. Ao ir além do que os outros enxergam, é possível oferecer um diferencial mercadológico que garantirá a sobrevivência do negócio em uma sociedade extremamente volátil. Inclusive, uma pesquisa da Babson College identificou que metade das companhias que deixarem de lado o investimento na habilidade, não existirão nos próximos dez anos.

De acordo com Flora Alves, uma das maiores especialistas de aprendizagem no Brasil e idealizadora do Trahentem® , uma cultura de inovação no ambiente corporativo representa uma mudança de mindset. “Inovar é essencial para quem deseja se sobressair por estar à frente da concorrência. Contudo, apesar de ser um processo organizacional benéfico, a iniciativa sempre vem acompanhada de uma certa resistência – o que torna necessário estimular uma modificação mental desde a alta liderança até os colaboradores. Para alcançar um mecanismo criativo e sustentável de soluções inovadoras, o ideal é partir de um debate sobre as seguintes reflexões: Que riscos a ausência de inovação representa para a empresa? De que maneira funciona as tomadas de decisões no negócio? Qual é o nível de liberdade dos funcionários? Quais foram os últimos investimentos financeiros e os respectivos retornos?”, explica.

A especialista ainda fez uma lista com as quatro principais dicas para implantar uma cultura de inovação no local de trabalho. Confira abaixo:

Planejamento

Para concretizar-se de maneira eficaz, a inovação precisa estar por trás de um objetivo. Então, o primeiro passo na estruturação de um comportamento inovador é o planejamento. É importante definir as prioridades e traçar metas para atingi-las com os novos insights. Nesta fase, é fundamental estipular prazos para as ações a serem realizadas porque nem tudo serão flores neste processo. É preciso ter o controle sobre o momento certo de parar e mudar o foco a fim de dirigir a iniciativa de modo consciente. Por fim, a administração dos custos também faz a diferença. Logo, estabelecer um orçamento é indispensável.

Descontração

A inovação exige uma rotina leve, pois o processo criativo se limita ao estar sob estresse. Portanto, a comunicação entre a equipe deve ser feita sem julgamentos ou repressões. É imprescindível que os líderes estejam abertos as trocas de ideias. Neste caso, ambientes agradáveis favorecem este movimento. Entre as possibilidades de descontração encontram-se uma decoração atrativa, espaços de convivência, horas de descanso e lazer. Embora a sugestão pareça estranha ao levar em consideração a correria do cotidiano organizacional, é o caminho ideal para recarregar as energias dos colaboradores e estimular a motivação.

Ousadia

É inegável que inovar simboliza um risco. Mas, o receio de cometer erros compromete os acertos. Logo, a ousadia é a porta de encontro aos resultados diferenciados. Quanto aos prejuízos das falhas, é mais simples de lidar se as soluções inovadoras forem trabalhadas inicialmente no formato de testes em ambientes controlados.

Mensuração

A etapa final em um processo de implantação de uma cultura inovadora é a de medir a performance dos insights. Ou seja, ir em busca de feedback dos usuários das soluções e caso o serviço esteja sendo comercializado externamente de forma fixa ter em mente a porcentagem de vendas.

Para informações a respeito de inovação nas empresas, acesse o site do Trahentem. A metodologia elaborada por Flora Alves tem o propósito de guiar designers instrucionais iniciantes ou experientes em uma trajetória segura e ágil de construção da solução de aprendizagem. Enfim, não fique de fora das transformações, saia da caixa!

3 Replies to “4 passos para desenvolver uma cultura de inovação na empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *