Conceito de up/reskilling é bom, mas prática é ainda melhor

Conceito de up/reskilling é bom, mas prática é ainda melhor

Sabemos que os profissionais 50+ trazem na bagagem uma experiência incrível como vantagem, mas sabemos também que têm à sua frente enormes desafios. Em 50 anos, o cenário alterou-se significativamente e a um ritmo ainda mais acelerado neste último ano e meio.

Pensando nisso, a SG separou algumas dicas importantes para que essas pessoas se mantenham competitivas e conquistem o seu lugar no mercado de trabalho. 

1) Converse sobre a sua ambição profissional

Uma boa conversa com sua liderança sobre como você quer continuar progredindo em sua carreira é algo que sua empresa deve estar disposta a apoiar. Isso não apenas demonstrará seu compromisso com a organização, mas também os incentivará a pensar sobre as maneiras pelas quais eles poderiam criar novas funções ou dar a você responsabilidades adicionais para aproveitar ao máximo sua experiência e conhecimento.

2) Entenda como você pode progredir

Um terço dos trabalhadores com mais de 50 anos dizem qxue não sabem o que devem fazer para obter uma promoção. Que tal desenvolver novas competências? Converse com seu líder sobre como você pode se capacitar ou busque cursos ou treinamentos sobre sua área de interesse.

3) Se torne um instrutor

Acima nós falamos de novas competências, então aqui vai uma dica importante: invista na Formação Instrutor Master. Os cursos da SG não abrem mão do que é atual e inovador. Para quem está buscando um upgrade na carreira, a formação IM é ideal para quem quer se tornar referência em desenvolvimento de pessoas. 

A metodologia é voltada a facilitar treinamentos, avaliações de habilidades e promoção da aprendizagem. O foco é no aprendiz e com a centralização em performance e todo o processo traz o que há de mais atual no mercado da área, além de uma certificação internacional. 

4) Mantenha suas opções abertas

Embora as gerações mais antigas tendem a ter maior lealdade em comparação com os trabalhadores mais jovens, se a organização não está lhe dando as oportunidades de progresso que você deseja, pense no que pode estar reservado para você no mercado de trabalho. Mostre-se aberto a criar, se necessário, vínculos diferentes de trabalho, como o MEI (Microempreendedor Individual). É importante analisar as possibilidades e não criar resistências baseadas em desconhecimento ou vieses. Invista em você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *